Correção ortográfica: por que fazê-la?

Ao escrevermos um texto, seja uma tese de doutorado, uma dissertação preparativa para o vestibular ou uma carta, cometemos erros que são, inicialmente, imperceptíveis. Porém, basta uma boa revisão, com muita calma e atenção, para que os erros apareçam.

Todo tipo de correção feito no texto como pontuação, grafia correta das palavras e alternância de posições entre sujeito, verbo e predicado, estará vinculada à correção ortográfica.

Por esse motivo, a correção ortográfica tem uma enorme importância para escrever um texto objetivo e claro.

Como fazer a correção ortográfica

A correção ortográfica é essencial para a otimização dos seus textos

A correção ortográfica é essencial para a otimização dos seus textos

Vivemos na era digital, em que praticamente todo tipo de informação encontra-se disponível na internet. Se você procurar por corretor online, você encontrará corretores, em sua grande maioria, com uma capacidade baixa de corrigir, efetivamente, palavras, expressões ou até mesmo frases do seu texto.

Então, a melhor maneira de corrigir bem o seu texto é conhecendo as regras ortográficas da língua portuguesa.

Vale ressaltar que em 2009, uma nova regra ortográfica foi criada, com um prazo de 3 anos – final de 2012 – para a correta adequação às novas normas ortográficas. Portanto, estar atento às novas regras é primordial para que uma correção ortográfica seja feita de maneira satisfatória.

Exemplos da nova regra ortográfica

Veja as novidades na hora da correção ortográfica.

A reforma ortográfica feita em 2009 alterou vários aspectos da língua portuguesa. O trema, que antes era usado em palavras como “linguiça”, “tranquilo” e “bilíngue”, deixou de existir. Ele continua presente somente em nomes próprios, como Müller.

O hífen, por sua vez, continua sendo usado depois de prefixos “ex-, sota-, vice- e vizo-“, porém não é usado após os prefixos “co-, re- e pre-“. Já na palavra micro-ondas, se usa o hífen, uma vez que o prefixo “micro” termina com a vogal “o”, a mesma com que se inicia “ondas”.

Além das alterações já citadas, podemos destacar ainda a ausência do acento circunflexo em hiatos “ee” e “oo”, casos de veem e voo, juntamente com a incorporação ao nosso alfabeto oficial de três letras que já eram utilizadas em algumas palavras, “k”, “w” e “y”, mas que não faziam parte do nosso alfabeto.

Outra alteração interessante é a retirada do acento agudo em ditongos abertos “ei” e “oi”, casos de “assembleia”, “ideia”, “jiboia” e “tipoia”.

Outros aspectos importantes, que já discutimos no blog e fazem referência à correção ortográfica, são como fazer o correto uso da crase, a estrutura das palavras, neologismo na língua portuguesa e a adequação à reforma ortográfica (em vigor desde 2013, como foi falado anteriormente).

Benefícios de uma grafia correta

Quando escrevemos um texto, temos um objetivo a alcançar com ele, uma mensagem a transmitir, um caminho a mostrar. E, por mais simples que pareça, o que esta escrito, pode não ser aquilo que você desejava passar ao escrever o mesmo, ou seja, uma grafia incorreta pode mudar totalmente o sentido esperado para a frase. Caso isso ocorra, o objetivo atingido será totalmente diferente do traçado inicialmente.

Já deu para perceber a importância da correção ortográfica no seu texto. Uma vez que ela seja bem feita, com calma e atenção, o texto escrito será muito mais claro e coeso, conseguindo atingir mais facilmente seu objetivo inicial, seja ele uma nova recomendação profissional, uma tese de doutorado ou o coração de quem você ama.

Já conhece o Revisa Já?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as novas regras ortográficas e a importância da revisão ortográfica para a otimização dos seus textos, que tal conhecer os serviços oferecidos pelo RevisaJá?

Entre em contato com um de nós para saber mais sobre nossos serviços

Entre em contato

Você também pode utilizar nossa calculadora para ter uma estimativa do preço do serviço!

Preços – Orçamento

Estamos sempre prontos para lhe atender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *