Adequação à reforma ortográfica – Parte 2

Introdução

Neste segundo artigo sobre a reforma gramatical da língua portuguesa iremos tratar de mais duas significativas mudanças que ocorreram: o hífen.

Relembrando que em nosso primeiro artigo foi tratado sobre a história da evolução gramatical, assim como as alterações no alfabeto, quanto ao trema e, por fim, quanto ao uso do acento circunflexo. Além disso, no terceiro artigo tratamos sobre ditongos abertos e acento diferencial de tonicidade.

Hífen na reforma ortográfica

Se existe uma regra na gramática da língua portuguesa que tenha sofrido uma alteração tão grande com certeza trata-se da utilização do hífen.

hífen

Saiba como ficaram as mudanças em relação ao hífen na reforma ortográfica.

Desde a reforma gramatical ocorrida em 2012 o hífen passou a ser utilizado em quatro momentos, conforme abaixo:

  • Se o segundo elemento (segunda palavra) começa com a letra H 

Exemplos:

  • Anti-herói
  • Giga-hertz
  • Super-herói
  • Super-homem
  • Com os prefixos “pós”, “pré” ou “pró 

Exemplos:

  • Pós-gradução
  • Pós-operatório
  • Pré-escolar
  • Pró-reitor
  • Com os prefixos “pan” ou “circum” desde que seguidos por palavras que iniciem por vogal ou pelas letras H, M ou N 

Exemplos:

  • Circum-navegação
  • Circum-murados
  • Pan-americano
  • Pan-hispânico
  • Para separar vogais os consoantes iguais

Exemplos:

  • Anti-inflamatório
  • Entre-eixos
  • Micro-ondas
  • Sub-base

É importante ressaltar que esta última regra da utilização do hífen não é aplicada quando às palavras que se unem tem um prefixo terminado com uma vogal e a palavra seguinte começando com as letras R ou S. Nesse caso, dobra-se a letra R ou S como, por exemplo:

  • Contrarregra
  • Microssonda

Já conhece o Revisa Já?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a mudança do hífen na reforma ortográfica, que tal conhecer os serviços oferecidos pelo RevisaJá?

Entre em contato com um de nós para saber mais sobre nossos serviços

Entre em contato

Estamos sempre prontos para lhe atender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *