Como montar um texto dissertativo

O assunto do post de hoje é como montar um texto dissertativo.

Como montar um texto dissertativo

Primeiramente, devemos entender esse tipo de texto. A dissertação é um texto que se define a partir da defesa de um ponto de vista, com argumentos que o justifiquem.

Está dividida em partes – a introdução, o desenvolvimento e a conclusão – com funções específicas. Além disso, tal divisão torna a leitura mais agradável. Assim como tudo na vida começa e termina, cada parte também começa e termina.

A introdução é uma das partes mais importantes do texto, uma vez que é nela que se apresentam o tema a ser discutido, o ponto de vista do autor e os argumentos utilizados por ele para justificá-lo.

A explicação de cada argumento se dá no desenvolvimento. Deve-se ter pelo menos uma justificativa para o ponto de vista adotado, mas pode haver mais.

Normalmente, usa-se um parágrafo para cada um dos argumentos. Tal medida deve ser controlada para que não se exceda o número de linhas pedido para aquele tipo de redação.

Por exemplo, num texto de no máximo 30 linhas, como o do ENEM, convém não escrever mais do que três parágrafos de desenvolvimento.

A conclusão do texto dissertativo apresenta o fechamento do raciocínio lógico apresentado. Basicamente, retoma-se o ponto de vista, ressaltando as justificativas e salientando algumas questões a mais.

Para o ENEM, vale uma ressalva: seguir o que a proposta de redação pede, buscando oferecer alguma solução ou intervenção para o problema e detalhá-la na conclusão.

Assim, a dissertação deve ter, no mínimo, três parágrafos, um para cada uma de suas partes constitutivas.

1

Um breve resumo de como montar um bom texto dissertativo.

A estrutura dos parágrafos

Cada parágrafo também se subdivide em três partes. Essa pequena estrutura também tem uma introdução, um desenvolvimento e pode ou não ter uma conclusão.

Na hora de montar um parágrafo, um conhecimento mais aprofundado sobre gramática, se faz necessário. Por isso, já discutimos no blog sobre diversos desses pontos, dentre eles as colocações pronominais, aposto, vocativo, próclise, ênclise e mesóclise, as metarregras de repetição, de progressão e de coerência.

Além disso, tratamos também sobre as figuras de linguagem, sintáticas ou de construção, onomatopeia e polissemia, e das análises feitas sobre o neologismo na língua portuguesa e os tipos de sujeitos existentes em uma oração.

A introdução do parágrafo é uma frase de chamada, cujo nome é “tópico frasal”. O tópico frasal tem grande relevância para a construção do texto, pois ele contém exatamente o que vai ser discutido naquele trecho. A mudança de parágrafos não é aleatória, ela acontece conforme o enfoque do texto muda e o novo enfoque é anunciado pela frase de chamada.

As frases subsequentes que formam o parágrafo são chamadas de frases de desenvolvimento. São utilizadas, ao menos, uma ou duas frases para explicar a primeira.

A conclusão de um parágrafo pode assumir diversas formas. Ela pode ser uma frase de chamada para o parágrafo seguinte. Também pode ser um enunciado que encerre a ideia principal. Pode-se, ainda, após o desenvolvimento, ir adiante para um novo enfoque, deixando no ar a ideia apresentada.

Portanto, cada parágrafo de um texto dissertativo deve ter, no mínimo, duas frases. 

A frase

O texto dissertativo é composto de parágrafos que, por sua vez, são compostos de frases.

A frase é um conceito importante para se fazer uma redação. A frase é sempre um enunciado de sentido completo. Ela começa na letra maiúscula e vai sempre até um ponto de maior significação.

Tais pontos são: o ponto final, o ponto de interrogação e o ponto de exclamação – embora este último não seja utilizado em dissertações, também marca o fim de frase.

O mais importante a se ter em mente é que uma frase tem de ter sentido. Imaginemos um exemplo: “Pois isso gera muitos problemas”. Isso posto assim, solto, não tem nenhum significado.

Pode-se alegar, então, que essa sentença tenha relação com o que veio antes, mas, se assim for, deve vir depois de uma vírgula e não depois de um ponto. De um ponto a outro, o sentido deve estar completo.

Assim, com vários enunciados completos se compõe um parágrafo. Com vários parágrafos se forma um texto. E o texto dissertativo todo se fecha a partir de três, pelo menos, que é o número de seus elementos constituintes. Nunca se esqueça, no entanto, de sempre que terminar seu texto, fazer uma correção do mesmo, corrigindo os possíveis erros e desvios presentes no mesmo.

Já conhece o Revisa Já?

Agora que você já sabe um pouco mais sobre como montar um texto dissertativo, e a importância de um texto bem escrito, que tal conhecer os serviços oferecidos pelo RevisaJá?

Entre em contato com um de nós para saber mais sobre nossos serviços

Entre em contato

Estamos sempre prontos para lhe atender.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *